DEPOIMENTO DE UM HOMEM: ROMPENDO O ISOLAMENTO


Como homem no Al-Anon eu gostaria que houvessem mais homens no programa.  Algumas vezes me sinto como embaixador do meu sexo, e não me sinto à vontade nesse papel.

Conheço vários homens no Al-Anon que, como eu, cresceram no alcoolismo.  Eles me ajudaram a compreender e aceitar o isolamento em que eu vivia e que até cultivava.  Ao me sentir mais perto dessas pessoas, comecei a me sentir mais perto de mim mesmo.  Ao ouvir quanto estes homens lutaram para conquistar a intimidade em suas vidas e abrir espaço para os seus sentimentos, consegui ser mais gentil e mais compreensivo comigo mesmo.  A presença de homens no Al-Anon me ajudou a lembrar que o alcoolismo afeta a todos nós sem levar em conta o sexo ou os antecedentes, e que a dádiva da serenidade está a disposição de todos.




Você pode enviar essa postagem para alguém.  Basta clicar no envelope    logo abaixo, no rodapé desta mensagem.